Capa > Viagens > Ásia > Hotel Atlantis em Dubai
Hotel Atlantis em Dubai

Hotel Atlantis em Dubai

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 StumbleUpon 1 Pin It Share 0 1 Flares ×
Ao pisar em Dubai você já sente, além do calor, aquela coisa de “acabou a miséria”. Tudo é feito com muito luxo, muitos detalhes de forma a ostentar a força que tem o emirado. Tanto poder faz com que a cada esquina seja uma atração, não importa se é um grande monumento, um prédio mais alto do mundo ou um “simples” hotel,  tudo o que o homem consegue construir naquele lugar é superlativo.

Nessa levada, fomos conhecer o Hotel Atlantis. Por mais céticos que estivéssemos com relação a como uma “hospedaria” pudesse ser  um espetáculo à parte, nos surpreendemos com a riqueza dos detalhes e outros aspectos que chamam atenção. A começar por sua localização na Palm Jumeirah, um local repleto de hotéis e condomínios de luxo que, visto de cima, tem o famoso desenho de uma palmeira.

Antes de tudo, vamos deixar claro que o Hotel Atlantis não é totalmente aberto ao público. A dica do nosso taxista era ter um pouco de cara de pau e jogo de cintura, entrar  como se estivesse aguardando um hóspede. Vale usar os macetes que demos sobre o que saber antes de ir para Dubai e falar a palavra mágica que abre portas: futebol. Testamos, funciona!

Lá vamos nós bancar os penetras!

Estando bem preparado, chega a hora de conhecer essa maravilha. O lugar é de encher os olhos e esvaziar os bolsos. Apesar de ter 1.539 quartos, uma suíte pode custar de 800 a  23 mil dólares.

Assim que você passa a porta principal dá de cara com um saguão imenso, repleto de mármore por todos os lados, tapetes persas, muitos adornos dourados, um exagero de cores. O maior desafio, estando lá dentro é disfarçar o deslumbramento e ser discretos.

Quantos camelos vale isso?

Ficamos por ali, prestando atenção em cada detalhe do chão ao teto passando pelos imensos pilares, mas é uma escultura  imensa, composta por cristais coloridos retorcidos que chega perto do teto, que é a estrela principal. Depois de alguns minutos tentando entender o significado dela,  observamos ao final de um corredor, uma enorme “parede” azul de vidro, de longe já dava para ver parte do famoso aquário com 65 mil peixes e 11 milhões de litros de água.

Uma barreira nos separava do alvo, um funcionário que parecia estar de prontidão contra penetras. Com o espírito de “tudo ou nada” perguntamos se poderíamos chegar mais perto e a resposta foi música para nossos ouvidos: “Podem ir sim, se alguém falar alguma coisa vocês voltam”.  Passamos por um enorme corredor cercado de cristais, um belíssimo bar o Barazura e vitrines com itens da Rolex e outros mimos básicos.

Barazura Bar

Que tal fazer compras nas “lojinhas” do Hotel?

Não há como não se encantar com a quantidade de peixes, a iluminação e a sensação de profundidade infinita que aquele pedação de oceano possui. Você fica tanto tempo procurando detalhes através do vidro que nem se depara que está em um lindo saguão, com belos desenhos no chão (sempre de mármore), uma fonte e um trono (talvez para a rainha de Atlantis?).

Onde está o Wally?

Seria a rainha de Atlantis?

Rainha por alguns segundos…

Todos os funcionários que encontramos foram muito atenciosos e quebraram todo o protocolo quando sabiam que éramos brasileiros.

Nosso tempo era escasso e ainda restavam outros pontos turísticos em nossa conexão de 10 horas em Dubai, mas se você tem mais tempo livre, não deixe de conhecer o maior parque aquático do Oriente Médio e se tem um bom limite no seu cartão de crédito, conheça o renomado restaurante japonês Nobu.

Parte do famoso aquário

Hora de dizer adeus, ainda tem muito de Dubai para ver

4 comentários

  1. rodrigo lopes

    show muito show parabens…

  2. É realmente demais, Rodrigo! Continue nos acompanhando, em breve mais maravilhas!

  3. rodrigo lopes

    excelente estarei acompanhando todas as novidades
    desde ja grato.

  4. Também fui a Dubai em outubro desse ano e a cidade superou todas as expectativas. Ler seu post me fez relembrar tudo que senti quando visitei o Atlantis. Concordo e assino embaixo! Rs. Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

1 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 StumbleUpon 1 Pin It Share 0 1 Flares ×